Flexibilidade, acesso e diversidade na formação universitária em saúde: o aprender fazendo no desenvolvimento de competências profissionais. Modelos flexibles de la organización de la formación

Sandra Minardi Mitre, Rosângela Minardi Mitre Cotta, Iza de Faria Fortini, Ivana de Cássia Raimundo, Nascimento Adriana Souza, Rosália Gonçalves Costa Santos, Maria Betania De Freitas, Cristiane Chaves Caldas, Vanessa Patrocínio Oliveira, Tatiana Domingues Pereira, Camila Henriques Coelho, Cláudia Maria Correia Borges Rech

Resum


Objetivo: Analisar a percepção dos formandos sobre a implementação do Projeto Pedagógico de Curso (PPC) em saúde com estrutura flexível. Método: pesquisa qualitativa - análise documental e das narrativas dos formandos. Resultados: aflexibilização do PPC, a partir da realidade local, contribuiu para o acesso dos alunos trabalhadores ao ensino universitário e oportunizaram estratégias qualificadas, integrando ensino, serviço e comunidade para o desenvolvimento de competências profissionais.

Text complet: PDF

##plugins.generic.referral.referrals##

  • ##plugins.generic.referral.all.empty##
##common.ccLicense##

ISSN: 2385-6203

Edita: CIDUI Congrés Internacional de Docència Universitària i Innovació

Vila Universitària. Local F2.1. Campus UAB - Bellaterra